slide

 

PRECISANDO DE SOLUÇÕES CONTÁBEIS E GESTÃO EMPRESARIAL?

Somos uma empresa com mais de 17 anos no mercado, focando na contabilidade integrada e gestão de resultados.

 

Contabilidade na Era Digital

 

IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE NA ERA DIGITAL

 

Considerando que contabilidade é uma ferramenta indispensável para a tomada de decisões nas empresas, e que ela vem evoluindo de tal forma que cada vez mais as organizações e contadores precisam se atualizar, pois as leis mudam constantemente, as fiscalizações estão mais presentes e isto não vai mudar, só avançar.

Os empresários, principalmente os gestores das pequenas empresas precisam aceitar que são obrigados a contabilizar, a manter uma contabilidade uniforme, organizar as empresas, criar processos nas organizações, tendo em vista que no futuro próximo a contabilidade digital chegará para todas as empresas, sendo ela pequenas ou micro. É uma realidade presente. Precisam ficar atentos e tomarem atitudes de mudanças para não sofrerem punições.

São muitos os meios eletrônicos utilizados como ferramenta de apoio à contabilidade, pois agilizam o processo decisório, as informações são mais rápidas e precisas, diferente de quando eram escritas manualmente, utilizando um tempo maior para análise das informações. A contabilidade aliada à tecnologia da informação tem evoluído de tal forma, que o governo utilizou-se desse meio para agilizar seu acesso aos dados de forma rápida e eficaz e aumentar as fiscalizações.

A contabilidade na era digital, vem se tornando cada vez mais útil para a sobrevivência das empresas. Com o desenvolvimento tecnológico a informática se tornou um instrumento de suma importância no trabalho do contador, tornando mais rápido o desempenho de suas funções e contribuindo para as melhorias e qualidade de trabalho. Nota-se que ambas vêm em constante evolução, para isso é necessário que as organizações adaptem-se e não cometam mais erros e/ou fraudes, que venham a dificultar seu desempenho empresarial.

[...] o processo manual de escrituração contábil foi substituído pelo mecânico e, logo em seguida, pelo eletrônico. As melhorias na forma de fazer a contabilidade de uma empresa, utilizando-se a tecnologia da computação, trouxeram enormes benefícios para os profissionais da área. (OLIVEIRA, 1997, apud CILISTRINO; ELIAS; RIBEIRO, 2010, p.24).

Sem dúvida que “o computador é um recurso transformador de dados em informações, e para tanto consome diversos fatores, como, por exemplo, tempo e energia. Quanto mais recursos de processamento, maiores as condições de tratar grandes volumes de dados, obtendo informações em menor tempo. (BIO, 2008, p.114)”.

A Contabilidade está inserida atualmente na era digital, onde os arquivos são eletrônicos e as tecnologias permitem acesso imediato às informações por parte de todas as pessoas envolvidas. Portanto, o SPED se tornou o meio mais moderno e eficaz de agilizar para o governo, o acesso às informações empresariais, podendo assim verificar os ilícitos tributários. O profissional contábil deve conhecer bem esta função, para através dela repassar as informações corretas e em tempo hábil.

Com a era Digital veio O sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e de acordo com Sasso e Rosa (2011, p. 6): o SPED é formado pelos seguintes subprojetos:

a)     Escrituração Contábil Digital – ECD: visa substituir a impressão dos Livros Razão e Diário por arquivos e registros digitais;

b)    Escrituração Fiscal Digital – EFD: visa substituir a impressão de livros fiscais, Registros de Entradas, Saídas, Apuração do ICMS, Apuração do IPI e Inventário por arquivos e registros digitais;

c)     Nota Fiscal Eletrônica – NF-e: substitui a emissão de documentos fiscais por documentos eletrônicos;

d)    Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFS-e: substitui a emissão de documentos fiscais por documentos eletrônicos;

e)     Conhecimento de Transporte Eletrônico – CT-e: visa substituir os documentos fiscais, Nota Fiscal de Serviço de Transporte e Transporte Ferroviário de Cargas, Conhecimento de Transporte Rodoviário, Aquaviário e Ferroviário de Cargas, Conhecimento Aéreo;

f)     E-Lalur: visa eliminar a redundância de informações existentes na escrituração contábil, no LALUR e na DIPJ;

g)    Central de Balanços: pretende reunir os demonstrativos contábeis e informações econômico-financeiras públicas e disponibilizá-los em meio magnético.

O que se pode observar que nos dias de hoje, consideramos o avanço tecnológico como responsável pelo aumento da capacidade de armazenamento e cruzamento de dados, tornou assim as empresas mais qualificadas e incapazes de sonegar impostos. Para isso os profissionais contábeis também precisam dispor de mais conhecimento, pois fazem a intermediação entre as empresas e o governo.  A era digital veio para ficar e facilitar os processos e torna-los mais ágil e eficaz. Nós quanto profissionais da contabilidade e empresário temos de nos adequar e adquiri habilidades com o mundo digital para não impedir o crescimento dos negócios.

 

Fonte: Maria do Socorro Pereira Mendes da Silva. Contadora CRC/MA 10464/O-4 e Consultora Empresarial, especialista em Auditoria e Perícia Contábil, Gestão Pública Municipal, Gestão Tributária. Empresaria Contábil e Sócia Administradora da empresa MULTIPLIQUE CONSULTORIA CONTÁBIL E EMPRESARIAL LTDA.-EPP, Sócia e Consultora na empresa MOTA & CIA LTDA, Conselheira Suplente do CRC/MA, Conselheira Fiscal da Fundação Josué Montelo, membro da Academia Maranhense de Ciências Contábeis, Professora Acadêmica, Facilitadora de cursos técnicos nas áreas de gestão, finanças e contabilidade.

  Veja Mais

Recuperação de Créditos Tributários

Clique aqui e confira mais detalhes sobre Recuperação de Créditos Tributários

Saiba mais 
Exibindo de 1 a 1 resultados (total: 1)

  Deixe seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário
Tecnologia do Google TradutorTradutor